canais > curso
Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca
   Dados do curso
   Classes
   Unidades de Aprendizagem
   Docentes

Sistemas Siga   
 
Usuário
Senha
Esqueceu o Login?



 

Fundamentos da Experiência Psicanalítica
1. Periodicidade

Oferta ENSP - Regular - Anual
2. Objetivo Geral

. Contribuir para uma perspectiva crítica ante a práxis que se exerce nos espaços institucionais de trabalho.
. Propiciar aos participantes uma reflexão sobre os conceitos fundamentais da psicanálise na abordagem da demanda ba rede pública de saúde.
. Fornecer referências teóricas que orientem as ações na atenção à saúde e, em especial, à saúde dos trabalhadores em ambulatórios da rede pública de saúde.
3. Justificativa

A oferta desse curso criada em 2005 possibilitou de fato uma demanda. A articulação da reflexão teórica ao trabalho clínico propriamente dito demarcou a diferença com outros cursos oferecidos na área de saúde mental e áreas afins no âmbito da ENSP. O curso está organizado ao longo do ano na forma de encontros semanais de modo a propiciar tempo necessário aos participantes para a leitura do conteúdo indicado; seu objetivo é fornecer subsídios a profissionais que atuem principalmente no setor público de saúde, em especial na área de saúde mental e ou no atendimento psicológico de trabalhadores (e seus familiares).
O perfil da clientela esperado são profissionais de nível superior que articulem o exercício de seu trabalho (clínico) ao saber da psicanálise. Especialmente, médicos, psicólogos, psiquiatras, assistentes sociais, enfermeiros, terapeutas ocupacionais.
4. Concepção Pedagógica

O curso se orienta no estudo de conceitos fundamentais da psicanálise (Freud e Lacan), cujo o campo é reconhecidamente necessário na atenção à saúde pública, sobretudo no restabelecimento para o sujeito da decifração de seu sofrimento psíquico. O ensino de Freud e Lacan, nessa perspectiva, é uma referência fundamental com o qual nos perfilamos. Ao visar o estudo de conceitos fundamentais da psicanálise o curso pretende instrumentalizar o aluno no exercício da práxis (teoria e prática política) no âmbito da atenção em saúde.
Esse curso, inscrito sob a designação de "atualização", pretende contribuir para a reflexão de alguns impasses da experiência psicanalítica no atendimento ambulatorial, muito frequentemente, atribuídos aos percalços do trabalho em ambulatório, tais como "a entrada no tratamento" e "o final do tratamento".
O curso está organizado em seminários (seminários de leituras de textos psicanalíticos e seminários clínicos), conferências sobre temas específicos com profissionais convidados de outras instituições. - Seminários de leituras de textos de psicanálise: consiste na reflexão sobre textos principalmente de Sigmund Freud e Jacques Lacan no que concerne ao tema proposto. Para a "direção do tratamento" será estudado: hipótese diagnóstica e diagnóstico diferencial (estruturas), a interpretação e as respostas do analista, o desejo do psicanalista. No que concerne ao "sujeito da psicanálise" será estudado: o sintoma analítico, o desejo inconsciente, a repetição, a transferência, a pulsão (amor e gozo), a angústia e o objeto a.
- Seminários clínicos: consiste na leitura de casos clínicos (clássicos da psicanálise);
- Trabalho de final de curso (em forma de trabalho escrito): deverá versar sobre um tema de interesse do aluno a partir de questões elaboradas durante o curso;
- Jornadas: apresentação pública por parte dos alunos dos trabalhos de final de curso em forma de mesa-redonda, cuja coordenação contará com um professor convidado.
6. Sistema de Avaliação

Será fornecido aos participantes que apresentarem frequência igual ou superior a 80% (oitenta por cento) do curso e obtiverem nota igual ou superior a 7 (sete) ou Conceito C na avaliação do trabalho escrito.

Nível:  Atualização

Endereço:  Rua Leopoldo Bulhões,, 1.480, Manguinhos, Rio de Janeiro, RJ, Brasil, 21041210


Voltar